Eventos na Cabanha

Como chegar na Cabanha?

Basta digitar seu endereço abaixo e lhe mostraremos como chegar!
Seu Endereço:
Sua Cidade:
Estado:
Ver Mapa
Inicio
3
2
1
  • Conhecer a cultura Gaucha, através dos hábitos e costumes do gaúcho, onde a lida campeira retrata bem o modo de ser caracterizado pela sua indumentária, seu hábito de tomar chimarrão, a sua gastronomia muito rica, o gosto pelos cavalos, o gado, a terra, do seu chão riograndense.

    Com a arte e cultura, o Rio Grande do Sul, atravessou fronteiras levando a bandeira do Rio Grande nos demais estados do Brasil, preservando a identidade, os hábitos e costumes, levando consigo a história, geografia, a arte e cultura do Rio Grande do Sul. Leia mais...

  • O homem do Rio Grande do Sul adaptou suas vestimentas baseado nas suas necessidades e no seu tipo de vida. Fica claro que os trajes, no decorrer da história , aceitam os processos de modernização e de transformação que uma cultura possa ter.

    A cultura é viva e, enquanto viva, ela se modifica. Essas modificações, legaram ao gaúcho além de uma herança, beleza e identidade. Leia mais...

  • Roberto Ave-Lallemant (1812-1884) visitando o Rio Grande do Sul em março de 1858, registra a importância folclórica do chimarrão: "O símbolo da paz, da concórdia, do completo entendimento – o mate!

    Do espanhol cimarrón, que significa chucro, bruto, bárbaro, vocábulo empregado em quase toda a América Latina, do México ao Prata, designando os animais domesticados que se tornaram selvagens. Leia mais...

  • Em 1493, os cavalos espanhóis pisam pela primeira vez em terra americana, na ilha Hispaniola, e são os antepassados diretos, de todos os cavalos "crioulos" americanos.

    Uma vez aclimatados ao novo ambiente e incrementada sua criação com as importações realizadas posteriormente, reproduziu-se com rapidez, em poucos anos, estendeu-se para as outras Antilhas e passou ao Continente. Leia mais...

  • O churrasco é o prato típico do gaúcho, presente nos finais de semana e em dias festivos. O arroz "carreteiro" também compõe a tradicional cozinha gaúcha.

    Outros pratos, como o feijão mexido (feijão misturado com farinha de mandioca), o quibebe (purê de moranga), a "roupa velha" (sobras de carne com ovos mexidos), o "espinhaço de ovelha", o charque com mandioca, a paçoca de pinhão com carne assado, a couve refogada, o arroz com galinha, o "puchero" (cozido de carne com legumes) e o peixe, fazem parte da culinária rio-grandense. Leia mais...

João de Almeida Neto VI Dia do Campeiro!

Um dos importantes intérpretes da música regional gaúcha,  “A Voz do Rio Grande” é um dos artistas mais premiados em festivais nativistas.

Livro traz história de Maneco Pereira

Escrito pelo Historiador OSORIO SANTANA FIGUEIREDO, o Livro conta a história de um dos nomes mais célebres do Rio Grande do Sul.

GEMP - Grupo de Estudos Maneco Pereira

O GEMP – Grupo de Estudos Maneco Pereira, surgiu de uma necessidade de se conhecer os locais por onde viveu o Maneco.